quarta-feira, março 4

Existe vida além da Terra?




Existe vida além da Terra?

Essa é a pergunta que não quer calar dentro da gente. E por mais evidências que temos, por mais concretas ou intuitivas que sejam, o desejo maior é a comprovação oficial de tão fascinante fenômeno.

E por isso, no dia 5 de março de 2009 um evento no mínimo extravagante e extraterreno: O lançamento do telescópio espacial Kepler. Na busca de vida fora da órbita terrestre, será lançado pela NASA, do Cabo Canaveral às 12h48. E ficará por mais de três anos fazendo pesquisa no espaço.

"Todos esperamos que existam muitos destes planetas," diz William Borucki do Centro de Pesquisa Ames da NASA em Moffett Field, Califórnia, EUA. "Se existirem por aí muitas Terras, a vida poderá ser bem mais comum do que se pensa," afirma - e talvez mesmo civilizações extraterrestres "à espera que nós a contactemos".

É a primeira vez que acontece no mundo a busca oficial da existência de vida em outros planetas. Essa busca por saber ou ver algum fenômeno extraterrestre já ocorre muito antes do que imaginamos, só que de forma alternativa. Oficialmente, os cientistas estão à busca de respostas para infindáveis questões que nós humanos, buscamos desvendar incansavelmente.

Que momento é esse que despertou desejo tão oculto e tão descarado em encontrar vida em planetas distantes, desses que orbitam estrelas além do nosso sol? Além da nossa curiosidade, existe algum outro motivo que desconhecemos?
Como diz o diretor de Astrofísica da Nasa, Jon Morse "O Kepler é um componente crucial dos esforços da Nasa para encontrar e estudar planetas com características similares às da Terra".

O Kepler é um poderoso instrumento com uma câmera digital super potente
"Se o Kepler observar um povo terrestre durante a noite a partir do espaço, poderá captar uma mudança na intensidade da luz causada por uma pessoa que passe em frente a um farol", explicou James Fanson coordenador do projeto.

"O telescópio Kepler é de fundamental importância no entendimento de que tipos de planetas formam-se ao redor de outras estrelas," diz a caçadora de exoplanetas Debra Fischer, da Universidade do Estado de São Francisco. "As descobertas que emergirem, serão usadas imediatamente para estudar as atmosferas dos exoplanetas gigantes gasosos com o Spitzer. E as estatísticas que serão compiladas nos ajudarão a traçar uma rota em direção a um pálido ponto azul como a nossa Terra, orbitando outra estrela de nossa galáxia".

O Kepler vai começar a sua busca na região de Cygnus-Lira que tem 100 mil estrelas parecidas com o sol.

Esses exoplanetas que Debra Ficher cita, são aqueles bem distantes que estão ao redor de outros sóis diferentes do nosso.
Bem, não somos os únicos no Universo...temos certezas?

Elizabeth


5 comentários:

O Véio do MSN disse...

Oia fia, sou apenas um véio bisbilhoteiro qui gosta de ficá assuntando as coisa e ti digo uma coisa: o véio já viu muita coisa qui não podi contá, por isso o véio tem certeza qui temos muitos amigo espaiado por aí...e inimigo também.
Mas cá entre nós dona Elizabeth, comu a senhora iscrevi bunitu!

Anônimo disse...

Obrigado Véio, pela parte que me toca e por outras partes também...
Somos tão repartidos e espalhados que nossos fragmentos estão por aí nos rondando o tempo todo...se são amigos ou inimigos, quem saberá?
Mas apareça sempre e quem sabe pode nos contar alguma coisa dessas coisas que tem visto por aí...valeu!
Abraços do Mundo de Beth

Anônimo disse...

Bom,claro que pode parecer loucura, mas estamos aqui falando da vida extraterrestre. Se pararmos para pensar e refletirmos, podemos chegar a simples conclusão: se há vida na Terra, por que não pode existir em outros planetas? O que nos garante isso? Bom posso ser chamado de louco, mas eu ja presenciei um OVNI. Foi muito rapido, isso já faz uns dois anos, depois disso me nterecei pelo assuntio e quiz me informar melhor sobre isso. Mas bom galera, fica ai a pergunta.

Leandro disse...

Bom,claro que existe vida alén da terra pois seria uma burrice dizer que nao existe por que existe milhares e milhares de galaxias e seria muito inprovavel que so nós existicemos...

Anônimo disse...

bem leandro foi encontrado um planeta muito semelhante a terra semelhante a terra seu nome e gliese e como visto por um satelite tem agua em ambundancia e terra firme na cor verde ainda os mais esperientes astronomos nao descobriram se verde sao plantas ou naao e se sua atmosfera for composta por oxigenio ou por gas carbomico e bem provavel q exista vida nele